QUEM PODERÁ NOS DEFENDER?

A violência toma conta do nosso Estado

Por Cybelle Pereira

O ano de 2017 chegou e trouxe mais violência para a sociedade no estado do Rio Grande do Norte (RN) e Grande Natal. Os fatores são os mais banais possíveis: latrocínio, roubo seguido de morte, morte de policiais em serviço ou não, morte de mulheres por ex-companheiros, por envolvimento com facções criminosas, por brigas em bares, por dívida com traficantes, por dívida de jogo, ou dívida com agiota, por domínio de terra ou até mesmo por infidelidade. Inúmeros são os "fatores" que podem ser citados aqui. Porém, na verdade, a causa dessas mortes não são as citadas anteriormente, mas a falta de amor, compaixão e apreço pela vida humana.

Trazendo a realidade para as estatísticas em números atuais, foram 531 assassinatos até o dia 19 de março de 2017, 36,5% a mais que o ano passado. Nos trazendo uma média de 6,7 homicídios por dia. Já se tem o ano mais violento da história do RN. O que faz com que a população se sinta cada vez mais apreensiva e com sentimento de insegurança. Quem nunca se pegou correndo ou com o coração batendo mais forte ao ver uma moto se aproximar com duas pessoas a bordo? Situações assim mostram o quanto o potiguar vive amendrotado e acuado diante da violência que os cercam. Com o intuito de aumentar a sentimento de segurança, famílias investem em mudanças para codomínios fechados, ou transformam suas casas em verdadeiras fortalezas com equipamentos de segurança, como cercas elétricas e câmeras. Ainda assim, os poucos policiais que lutam contra a violência são oprimidos por um governo omisso, que recebe recursos, mas não trabalha com eficiência para melhorar a situação de calamidade do Estado.

Então, o que cabe ao cidadão cristão? Rezar e pedir proteção a Deus? Não só isso! A nós cabe lutarmos e direcionarmos o nosso voto para governantes que trabalhem por um segurança eficaz no RN, e também que foquem na educação preventiva. Só assim se terá jovens focados a seguir o caminho do bem, a Igreja, que é representada por você leitor do Suporte Jornal, e que tem grande responsabilidade de pescar os menos favorecidos, em busca de formar melhores cidadãos, ensinando-os o valor da vida, aquela que é dada por Deus. Só o amor, a compaixão e a valorização da vida pode salvar e buscar a paz da sociedade em que se vive hoje.

Fonte dos dados estatísticos: http://www.tribunadonorte.com.br

Posted in Comunidade on Apr 09, 2017