Papa Francisco: aborto é “luva branca” equivalente aos crimes nazistas

Em reunião de associação familiar italiana, religioso pediu às famílias que aceitassem crianças “como Deus as dá para nós”

Papa Francisco sobre o aborto
Papa Francisco sobre o aborto

O papa Francisco disse, neste último sábado (16/6), que o aborto é como uma “luva branca” e é equivalente  “ao programa de eugenia da era nazista”. O religioso pediu para as famílias aceitarem as crianças que Deus lhes dá.

Francisco fez o comentário durante reunião de uma associação familiar italiana. “No século passado, o mundo inteiro ficou escandalizado com os atos nazistas. Atualmente, fazemos algo parecido, mas com luvas brancas”, disse.

O papa pediu às famílias que aceitassem crianças “como Deus as dá para nós”.

Francisco repetiu a estrita postura antiaborto de seus predecessores e integrou em sua condenação mais ampla o que ele chama hoje de “lançar a cultura”.

O pontífice frequentemente lamentava como os doentes, os pobres, os idosos e não nascidos são considerados indignos de proteção e dignidade por uma sociedade que valoriza a eficiência individual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here