Protagonismo Juvenil é representado nas mais diversas expressões artísticas e
culturais com o carisma salesiano

1º Dia do FJS 2018
1º Dia do FJS 2018

O primeiro dia do Festival da Juventude Salesiana começa com a Acolhida preparada pela Delegação de Natal/Gramoré para os 26 grupos de todos os estados do Nordeste, representados por cerca de mil jovens. A recepção foi calorosa, animada e criativa; onde a juventude dava suas boas-vindas com música, faixas e brindes – simulando a entrada no céu. Pela primeira vez, houve a participação do grupo de Picos (Piauí).

1º Dia do FJS 2018
1º Dia do FJS 2018

Logo após, houve o momento da Animação no Polo Cultural, comandado pela banda composta pela delegação do Colégio Salesiano Sagrado Coração (Recife, PE); onde os participantes vivenciaram a interação, fizeram novas amizades e, juntos, cantaram e dançaram ritmos Nordestinos, como forma de concentração para a tão esperada abertura do Festival na quadra Dom Bosco. A cerimônia de abertura começou de forma descontraída pela Compahia de Circo Ladrões do Sorriso, de Natal, que protagonizou um show de malabarismo e humor. Em seguida, houve a apresentação de dança da Delegação dos Colégios Dom Bosco e São José, de Natal (RN); que retratou a vida sofrida pelo povo sertanejo clamando a Virgem Maria, clemência para deixar essa vida sofrida com a força da fé.

O padre Inspetor, Nivaldo Pessinatti, deu as boas-vindas aos participantes, destacando o Protagonismo Juvenil, tema deste ano, motivando a felicidade nos Jovens. “No meio de tantas palavras, eu gostaria de expressar alguns sentimentos, o primeiro é de uma imensa, alegria de ver esse panorama lindíssimo, marcado pela juventude, pela alma leve de vocês. Portanto, é um sentimento de euforia salesiana. Como diria Dom Bosco aos Jovens “Eu sempre estou bem ao lado de vocês.” E nós, hoje, interpretando os salesianos, eu posso dizer que sentimos muita alegria e gratidão pela beleza de vocês. Cada um, neste momento, é um nó onde se encontram tantos sonhos, esperanças, anseio de felicidade.  Houve, também, a palavra da Irmã Inspetora Amélia Castro, FMA, que destacou a importância de amar a Deus não somente na Igreja, mas, amar e enxergar Deus no próximo. Relembrando frase de Madre Mazzarello: “Que horas são?” Hora de amar a Deus.” E é esa, também, a proposta do Festival; amar em forma de música, teatro, dança, humor e os momentos de espiritualidade e carisma salesiano.

1º Dia do FJS 2018
1º Dia do FJS 2018

“Essa juventude toda é acompanhada durante o ano todo, através de encontros de formação, visitas e culmina todo esse trabalho com o Festival da Juventude. Temos
também algumas novidades, estamos dando uma visibilidade maior à proposta vocacional na nossa ação. Teremos momentos de convicência, momentos de catequese que vão, justamente, enriquecer toda a proposta pastoral que vamos realizar aqui durante estes três dias de programação.” Afirmou o Pe. Eudes Barreto, organizador; que, chamando toda a Comissão da AJS, agradeceu todo o empenho e dedicação nos bastidores do evento e, junto com a Ir. Raquille Cassimiro, FMA, Delegada da AJS, declarou aberto o 23º Festival da Juventude Salesiana.

A noite encerrou com um grande show, animado pela Banda DB, composta pelos
ex-alunos dos Colégios Salesianos Dom Bosco e São José, de Natal (RN).

Por Gabriela Brito, Paulo Thiago – Comissão Inspetorial de Comunicação e Isabel
Vasconcelos, AJS, Aracaju

Fotos: https://bit.ly/2OToKYo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here