Dom Fernando reúne fiéis no Monte Guararapes para última missa do ano

Muita gente foi até o Parque Histórico Nacional dos Guararapes na noite de 31 de dezembro para participar da última missa do ano presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A missa campal foi celebrada e frente ao Santuário de Nossa senhora dos Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, e reuniu cerca de mil pessoas. Dom Fernando atendeu ao pedido de seu confrade beneditino, dom Marcos Ferreira do Carmo, administrador do santuário, e celebrou a missa do Ano Novo pela primeira vez no Monte Guararapes.

Para o arcebispo, foi oportunidade de entregar nas mãos de Nossa Senhora e de seu Filho o futuro da Arquidiocese e da nação. “Momento para agradecer o ano que passou, com suas vitórias e dificuldades, e também de pedir a Deus um novo ano de paz para todos e todas”, disse dom Fernando.

Em sua homilia, o arcebispo afirmou que cada um deveria pedir a Deus um coração de criança, para ser simples e doce em suas atitudes e sentimentos. “Não para sermos infantis, mas para sermos criança que confia, que se entrega nos braços do Pai, que não é egoísta, que não tem preconceito”, acrescentou. E lembrou que a participação na missa é oportuna para fazer uma análise do ano vivido, rever os erros e se fortalecer para tomar atitudes diferentes, agradáveis a Deus.

A voluntária e missionária da Obra de Maria, Larissa Meireles, gostou do local da missa e achou que, ao ar livre, tudo ficou muito bonito e agradável. “Eu vim, principalmente, entregar minha vida e meu ano novo nas mãos do Senhor”, afirmou.

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes, onde está localizado o Santuário, é guardado pelo exército. A igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, hoje administrada pelos padres da Ordem de São Bento, foi construída no início do século XVII, como legado da vitória luso-brasileira contra os holandeses na Batalha dos Guararapes. Em uma das paredes da capela central da igreja estão guardados os restos mortais dos líderes e combatentes André Vidal de Negreiros e João Fernandes Vieira.

A missa no Monte Guararapes celebrou o primeiro dogma mariano da Igreja: Maria Mãe de Deus, proclamado no ano 431 no Concílio de Éfeso.

Pascom AOR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here