Papa Francisco sauda peregrinos em ruas do Panamá. Foto: João Paulo Peregrino

Depois de um voo de quase 13 horas, e de uma viagem de 9.500 km, o Papa Francisco chegou na tarde de ontem (23) ao aeroporto de Tocumen no Panamá, onde o esperavam 2.500 fiéis.

Minutos depois, o Papa Francisco desceu do avião e foi recebido pelo Presidente da República do Panamá, Juan Carlos Varela, e sua esposa, Lorena Castillo. Como sinal de boas-vindas, duas crianças do Panamá, vestidas com trajes tradicionais, ofereceram flores ao Papa. Ao mesmo tempo um grupo de jovens dava cor à cerimônia com danças típicas do país.

Numa cerimônia simples, na qual não houve discursos, a Banda Republicana tocou a Marcha Pontifícia e o Hino Nacional da República do Panamá. Logo após, os membros das delegações ali presentes foram apresentados e tirada a foto oficial.

Entre as autoridades eclesiásticas encontrava-se o cardeal D. Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, o Núncio Apostólico no Panamá, D. Adamczyk Miroslaw; o cardeal José Luís Lacunza; o arcebispo do Panamá, D. José Domingo Ulloa, entre outros.

Com a simplicidade que o carateriza, o Papa deixou de lado o protocolo e reservou tempo para saudar os participantes e abençoar algumas crianças.

No final da cerimônia, acompanhado de D. José Domingo Ulloa, o Papa entrou num automóvel até ao local onde papamóvel o esperava, para ser conduzido até à Nunciatura Apostólica.

A chegada do Pontífice trouxe emoção aos milhares de fiéis que permaneceram durante todo o dia nas ruas esperando sua chegada. O Papa Francisco permanece no pais até a missa de envio para a próxima JMJ, no dia 27 de janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here