“Fraternidade e Políticas Públicas” é o tema a ser refletido pelas comunidades

Na tarde do último domingo (10), aconteceu a abertura da campanha da fraternidade no Vicariato Urbano. A campanha trouxe como tema neste ano “Fraternidade e Políticas Públicas”, inspirada no versículo bíblico: “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Isaías 1, 27).
O local da concentração se tornou recentemente uma Área Pastoral, sob os cuidados do Padre Alcimário.
O local da concentração se tornou recentemente uma Área Pastoral, sob os cuidados do Padre Alcimário.

Desde as primeiras horas da tarde do ensolarado domingo em Natal, centenas de fiéis já se reuniam na igreja de São Tiago Menor, no Conjunto Santarém, Zona Norte da Capital potiguar. O local da concentração se tornou recentemente uma Área Pastoral, sob os cuidados do Padre Alcimário. A caminhada estava marcada para sair da Igreja de São Tiago Menor em direção ao Centro Pastoral da Paróquia São João Bosco, no Conjunto Gramoré, também na Zona Norte. Neste local foi realizada a missa de encerramento do evento, presidida pelo Vigário Geral da Arquidiocese de Natal, Padre Paulo Henrique da Silva.

A caminhada, como não podia ser diferente, teve a presença de católicos de diversas paróquias de Natal e da Grande Natal, que com diversas faixas e cartazes, deixaram também suas mensagens de reflexão sobre o tema da Campanha da Fraternidade deste ano. Animados pelo Ministério de Música Nova Mensagem, os fiéis fizeram do início ao fim do percurso uma linda festa de alegria, simpatia, e claro, muita fé. Diversas autoridades do nosso Estado também marcaram presença na caminhada, como o vereador Preto Aquino, o Deputado Estadual Ubaldo Fernandes, a Senadora Zenaide Maia, a Governadora Fátima Bezerra e o Prefeito Álvaro Dias.

Desde as primeiras horas da tarde do ensolarado domingo em Natal, centenas de fiéis já se reuniam na igreja de São Tiago Menor
Desde as primeiras horas da tarde do ensolarado domingo em Natal, centenas de fiéis já se reuniam na igreja de São Tiago Menor

Após a caminhada que teve início na Igreja de São Tiago Menor, todos o que participaram do ato inicial chegaram ao Centro Pastoral da Paróquia de São João Bosco para acompanhar a Santa Missa, que marcou o encerramento do evento. Neste local, centenas de pessoas já aguardavam a chegada dos fiéis.

Após a celebração, todos os presentes foram para as suas casas renovados e inspirados a viverem o período da Quaresma – que se iniciou na última quarta-feira (06), com a certeza de que a mensagem de Deus não é destinada apenas para alguns privilegiados, mas sim para todos aqueles que acreditam que o amor do Todo Poderoso se inicia no momento em que conseguimos olhar para o outro e enxergarmos nele a imagem e semelhança de Cristo, afinal, sem distinção de raça, cor, gênero ou classe social, somos todos filhos de Deus.

SOBRE A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2019

Em relação ao tema proposto pela Campanha da Fraternidade 2019, “Fraternidade e Políticas Públicas”, vale ressaltar a importância de se refletir e discutir ainda mais sobre esse assunto, uma vez que o mesmo é de extrema importância para o bom andamento da sociedade. É preciso que os governantes tenham sim um olhar técnico voltado para todas as políticas públicas, mas sobretudo, é necessário possuir um olhar humano, justo, de amor. Afinal, Jesus Cristo deixou como um mandamento, amai-vos uns aos outros como a si mesmo.

“Fraternidade e Políticas Públicas” é o tema a ser refletido pelas comunidades
“Fraternidade e Políticas Públicas” é o tema a ser refletido pelas comunidades

E diante deste tema, a igreja tem um papel fundamental. O de se impor frente as instituições sociais e de criar alternativas de incentivo para que os seus fiéis estejam cientes do seu lugar dentro da sociedade, e se tornem aptos a defender os direitos que foram adquiridos anos atrás. Tais direitos são marcados ainda hoje com o sangue derramado de muitas pessoas, além de vidas ceifadas e consequentemente, sonhos interrompidos. Os sonhos deles, em parte, é tudo de muito ou pouco que se possui hoje. E não se pode perdê-los por desinformação ou por desinteresse daqueles que foram eleitos para representar o povo e principalmente daqueles que foram escolhidos para cuidar de suas ovelhas.

Partindo do princípio do que disse o Papa Francisco em 2013, o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, foi muito bem escolhido, pois ao ser questionado sobre qual deveria ser o papel do cristão na política, durante um encontro com os representantes das escolas jesuítas na Itália e na Albânia, o Sumo Pontífice disse: “Para o cristão, é uma obrigação envolver-se na política. Nós cristãos, não podemos fazer como Pilatos, lavar as mãos. Não podemos!”.

Cobertura fotográfica da Abertura da Campanha da Fraternidade (Vicariato Urbano).

Fotos: Larissa Gabriele e Henrique Santos

Link para as fotos: http://bit.ly/2uayhSZ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here